Segundo dados do Ministério da Saúde cerca de 30 milhões de brasileiros têm artrose

0
215

Dr. Marco Aurélio S. Neves afirma que diagnóstico precoce é chave no combate à doença
De acordo com informações divulgadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 60% dos indivíduos com mais de 50 anos de idade apresentam algum grau de degeneração articular, um número que aumenta para 80% na faixa etária entre 70 e 75 anos. No Brasil, estima-se que 30 milhões de pessoas sofram com essa enfermidade, conforme dados fornecidos pelo Ministério da Saúde.

O Dr. Marco Aurélio Silvério Neves, ortopedista e traumatologista especializado em cirurgia de quadril e joelho, explica que a artrose é uma condição comum que afeta milhões de pessoas em todo o mundo. Trata-se de um processo natural que ocorre à medida que se envelhece. Essa condição se manifesta pelo desgaste da cartilagem que reveste as articulações do corpo, resultando em desconforto e limitação dos movimentos.

Ao longo do tempo, a artrose pode afetar diversas articulações, como joelhos, quadris, mãos, coluna vertebral e outras áreas do corpo. Pacientes que enfrentam artrose costumam manifestar certos sintomas característicos, tais como dores persistentes, inchaço nas articulações afetadas, perda de flexibilidade, dificuldade em realizar atividades cotidianas, agravamento de lesões prévias, além da percepção de que tratamentos paliativos já não surtem o mesmo efeito.

Segundo o especialista, a artrose ainda não tem cura definitiva. “Para os pacientes que desenvolvem a artrose existem diversas formas de tratamento que proporcionam conforto, alívio à dor e diminuem as chances de progressão da doença, proporcionando aos pacientes uma vida um pouco melhor e com a menor perda da capacidade possível”.

O ortopedista alerta que, pelo fato da artrose ser uma doença crônica e não ter cura, o quanto antes o paciente procurar um médico, se informar sobre os sintomas, realizar os exames e receber o diagnóstico, mais cedo poderá iniciar o tratamento. “Isso trará grandes mudanças em sua vida, principalmente na diminuição da dor”, ressalta.

Para finalizar, o Dr. Marco Aurélio Silvério Neves destaca alguns mitos e verdades sobre a doença. O exercício físico ajuda no tratamento da artrose? VERDADE. “Não somente ajuda no tratamento, mas também serve como prevenção. Exercícios físicos aliados a alongamentos e a uma boa alimentação são fundamentais para uma vida saudável, principalmente quando falamos sobre articulações”, destaca.

É possível evitar a artrose? MITO, uma vez que a sua principal causa é o envelhecimento. “O que se pode fazer é diagnosticá-la precocemente, passando já ao tratamento para diminuição das dores e para que a artrose não evolua tão rapidamente”. Outro MITO é o fato de que todo caso de artrose é cirúrgico. Segundo o médico, a cirurgia é indicada apenas em casos graves, quando é necessário fazer um realinhamento dos ossos ou a colocação de prótese para substituir a articulação lesionada.

Sobre Dr. Marco Aurélio S. Neves

Dr Marco Aurélio S. Neves, ortopedista e traumatologista, especializado em próteses de quadril e joelho.

Pioneiro no Brasil em técnicas avançadas para realização de cirurgias de prótese de quadril e de joelho. Conta com especialização em Ortopedia e Traumatologia (2001) e em Cirurgia do Quadril e do Joelho (2002 e 2003), pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HC – FMUSP).

O grande diferencial do médico são as bases tecnológicas aplicadas na prótese de joelho, o uso de guias customizadas feitas sob medida para cada paciente, por meio de impressão 3D, aumenta a precisão da cirurgia, otimizando os resultados. E na cirurgia de prótese de quadril, pioneiro na utilização da via anterior é a única que possibilita o método verdadeiramente não invasivo (AMIS), preservando músculos e tendões.

A realidade aumentada e a robótica para diminuir a agressão da cirurgia e permitir uma recuperação mais rápida também já são uma realidade. Um dos pioneiros no Brasil em técnicas avançadas para realização de cirurgias de prótese de quadril e de joelho.

Especializações em centros de referência em cirurgia ortopédica do mundo, entre eles: Presbyterian Hospital Plano (Texas, Estados Unidos, 2004), Hospital Jan Palfij (Gent, Bélgica, 2006), Clinic Dr. Decker (Munique, Alemanha, 2006), The Steadman Clinic (Vail, Estados Unidos, 2009), South West London Orthopaedic Center (Inglaterra, 2013), Le Centre Médico Chirurgical Paris V (Paris, França, 2015).

Para mais informações: www.drmarcoaurelio.com.br

Instagram: @drmarcoaurelio.ortopedia

Linkedin: marco-aurelio-silverio-neves

Deixar um compentário

Please enter your comment!
Please enter your name here