Como a IA está revolucionando as vendas

0
161

Precificação inteligente pode elevar o faturamento em até 60%

A precificação de produtos, uma tarefa tradicionalmente complexa porém crucial para a lucratividade, está como diversas outras áreas passando por uma transformação com a introdução de sistemas avançados, criando o que chamamos de “preços inteligentes”. Utilizando tecnologias como a Inteligência Artificial (IA) e o Machine Learning (ML), essa estratégia promete simplificar o processo e aumentar substancialmente o faturamento das empresas.

Pesquisas recentes indicam que o uso de preços inteligentes pode elevar o faturamento em até 60%. Essa metodologia destaca-se pela capacidade de ajustar valores em tempo real, baseando-se em uma análise detalhada de dados de mercado, comportamento do consumidor e histórico de vendas. Essa dinâmica oferece uma vantagem competitiva em mercados altamente voláteis e com grande oferta.

Leonardo Beling, especialista em vendas da The Wolves, explica que a precificação vai além da simples aplicação de uma margem ao custo do produto. “É essencial considerar múltiplas variáveis, como o panorama de preços do mercado, a demanda dos consumidores, os atributos dos concorrentes, a rotatividade do estoque e o capital de giro disponível”, afirma Beling. Ele ressalta que a IA facilita esse processo ao permitir ajustes rápidos e precisos, com base em informações continuamente atualizadas.

Existem casos de negócios em que o faturamento aumentou mais de 60% após a adoção de preços inteligentes, ilustrando o potencial dessa tecnologia. Uma análise da Danone, por exemplo, mostrou melhorias significativas na eficiência operacional e na margem de lucro.

Os benefícios da adoção de preços inteligentes são diversos. “A IA pode reduzir o tempo de reajuste de preços em até 50%, aumentar a precisão dos reajustes em até 95% e prevenir a perda de margem de lucro em até 6%. Esses resultados são possíveis graças ao acesso a dados competitivos em tempo real, permitindo que as empresas reajam rapidamente a mudanças no mercado”, destaca Beling.

Implementar um sistema de preços inteligentes pode variar em custo, dependendo das tecnologias e estratégias adotadas. Ferramentas acessíveis, como as fornecidas pela OpenAI, podem ser utilizadas, assim como planos de assinatura ajustáveis às necessidades e ao crescimento do negócio.

Em essência, os preços inteligentes representam uma evolução no campo da precificação, possibilitando uma abordagem mais estratégica e responsiva. Com a IA e o ML, as empresas podem não apenas ajustar seus preços de forma mais eficaz, mas também antecipar tendências e se adaptar rapidamente às mudanças do mercado, garantindo maior competitividade e maximização dos lucros.

Serviço: The Wolves Company
Leonardo Beling
CEO da The Wolves Company
41 99961-1907
leo.beling@thewolvescompany.com.br
@leonardobeling
www.thewolvescompany.com.br
Rosa Saporski 501, Mercês, Curitiba, PR.

Deixar um compentário

Please enter your comment!
Please enter your name here