Dia dos namorados internacional, o seu relacionamento em inglês

0
498

Como aprender inglês pode te ajudar a encontrar o amor

Viver um relacionamento saudável se tornou uma meta para muitos casais, com pilares como respeito, confiança e comprometimento sendo essenciais para a manutenção de uma relação. E nesse dia dos namorados vamos observar como funcionam essas relações que envolvem diferentes culturas, o desafio de conciliar diferenças culturais e linguísticas se transforma em uma oportunidade rica de aprendizado e crescimento.

Relacionamentos interculturais, onde pessoas de diferentes origens culturais se unem, trazem à tona uma rica mistura de hábitos, costumes, perspectivas e tradições. Mas seja um brasileiro com uma americana, um holandês com uma inglesa ou um alemão com uma portuguesa, essas relações começam em um lugar em comum, a conversa, caso ambos não saibam uma língua em comum é muito mais difícil iniciar este tipo de relacionamento, para entender um pouco melhor pedimos a opinião do professor de inglês da Izzi Fluency Carlos Henrique Chagas dos Santos que diz. “Posso afirmar que dominar essa língua é fundamental para relacionamentos interculturais. O inglês, sendo uma língua global, facilita a comunicação entre parceiros de diferentes origens culturais, superando barreiras linguísticas e promovendo uma compreensão mútua mais profunda e eficaz.” Após isso, esses casais ainda enfrentam desafios específicos, como decidir quem se mudará de país, como educar os filhos e como celebrar feriados de diferentes culturas.

Para aqueles que decidem embarcar na aventura de morar fora com o sonho de viver o amor intercultural, um método de imersão como o “aprenda como uma criança” da Izzi Fluency é o mais recomendado, pois réplica o contato que você vai ter com conteúdos em inglês diariamente sem focar só na gramática de um livro. Pensando nisso, é possível iniciar uma relação com alguém de outra cultura através da conexão virtual, sem nem precisar sair do país. No entanto, manter uma relação à distância exige habilidades como administrar a saudade, gerenciar fusos horários e planejar financeiramente os encontros.

No exterior, viver junto traz à tona diferenças culturais diárias, desde o nível de limpeza e organização até o compromisso com a lealdade e a forma de encarar o dinheiro. Cada uma dessas diferenças pode ser um obstáculo ou uma oportunidade para aprendizado e adaptação mútua.

“A experiência de um relacionamento intercultural não é apenas sobre enfrentar desafios, mas também sobre aproveitar as oportunidades de crescimento pessoal, linguístico e relacional”, diz professor Carlos. Aqueles que são rígidos aprendem a ser mais flexíveis, os desorganizados tendem a se organizar melhor, e os emocionalmente dependentes encontram maneiras de amar sem possessividade. Essa convivência proporciona um verdadeiro intercâmbio de valores e comportamentos, promovendo a evolução de ambos os parceiros.

Essa visão realista dos relacionamentos interculturais mostra que, apesar dos desafios, há um potencial imenso para crescimento e desenvolvimento pessoal. A capacidade de se comunicar efetivamente em inglês torna-se um facilitador crucial nesse processo, ajudando casais a construir uma conexão mais profunda e duradoura, independentemente das diferenças culturais.

Relacionar-se com alguém de outra cultura, portanto, é uma jornada repleta de descobertas, aprendizado e, acima de tudo, uma chance de ver o mundo por uma nova perspectiva. Essa experiência pode transformar indivíduos, promovendo uma nova forma de ser e existir no mundo, com maior compreensão e apreciação pelas diferenças.

Serviço: Izzi fluency escola de Inglês
Carlos Henrique Chagas dos Santos
41988053816
@izzifluency
carloshenrique@izzifluency.com
Izzifluency.com

Deixar um compentário

Please enter your comment!
Please enter your name here