Curitibano é campeão nacional de futebol de mesa e promove o esporte para novas gerações

0
104

Almo José é um dos principais atletas da modalidade no Brasil e participou de evento em Curitiba

Desde os cinco anos de idade, Almo José de Paula Júnior tem o futebol de mesa como parte de sua vida. Inspirado pelo pai, começou a jogar em Curitiba (PR) com tampas de relógio. Ao longo dos anos, aprimorou o conhecimento e as técnicas no esporte e se tornou o único jogador da modalidade no Brasil a conquistar títulos em duas modalidades diferentes: dadinho e bolinha.

Para compartilhar com as novas gerações os conhecimentos de quem conquistou mais de 100 títulos na carreira, o atleta esteve presente, no dia 18 de maio, no Clube Curitibano. O evento voltado para associados contou com a apresentação do esporte e a demonstração de técnicas do futebol de mesa sob a condução do esportista

“Sempre fui fascinado pelo futebol de botão; jogava na mesa, na rua, onde tinha uma superfície lisa, eu estava jogando. Participei da implantação dessa modalidade no Sul do Brasil e é muito bom ver como ela está se desenvolvendo e, a cada dia, queremos que cresça mais”, conta.

Os botões de Almo, que levam os escudos do Coritiba, do Lazio e da seleção alemã, seguem com bons resultados. O jogador conquistou em março, pela sexta vez consecutiva, o XII Campeonato Sul-Brasileiro de Futebol de Mesa na categoria dadinho, na qual representou o Clube Curitibano. Nos meses de outubro e novembro, o atleta tentará novos troféus no Campeonato Brasileiro e no Campeonato Paranaense.

Esporte 100% brasileiro

O futebol de mesa é um esporte que simula uma partida de futebol e foi criado no Brasil, em 1930, como um passatempo, sendo conhecido popularmente como futebol de botão, pois era jogado com botões de roupas. Hoje em dia, as peças viraram discos de acrílico e existem competições regionais, nacionais e internacionais.

Assim como o futebol de campo, o futebol de botão também tem sua própria Copa do Mundo. A competição acontece de quatro em quatro anos e terá a 6ª edição em 2026. Oito países participaram da última edição: Brasil, Chile, Portugal, Espanha, Hungria, Itália, Romênia e Japão.

No Brasil, a Confederação Brasileira de Futebol de Mesa (CBFM) soma, atualmente, 2.989 atletas filiados em 16 estados. Para padronizar o esporte no país, a CBFM conta com 7 modalidades oficiais: 1 Toque, 3 Toques, 12 Toques, Dadinho, Sectorball, Subbuteo e Chapas.

Dessas modalidades, três são principais no futebol de botão: 1 toque, ou regra baiana, onde cada disco só pode tocar a bola uma vez por jogada; a versão 3 toques, ou regra carioca, no qual cada jogador pode dar três “chutes” antes de mandar para o gol; e a regra 12 toques, ou paulista, com 12 passes antes do obrigatório chute para o gol.

Clube Curitibano e o futebol de mesa

Motivado pelo desenvolvimento do esporte, o Clube Curitibano organizou a primeira competição de futebol de mesa em 2024. Associados de diversas idades tiveram a oportunidade de participar do Torneio Início de Futebol de Mesa. A modalidade foi a de pastilhas com vidrilhos e terá tema de times da Champions League – principal competição de times da Europa.

“O incentivo ao esporte dentro do clube fomenta o crescimento do futebol de mesa na cidade e, consequentemente, no país”, explica Almo.

Deixar um compentário

Please enter your comment!
Please enter your name here