Arnold Sports Festival: Sindi Clubes realiza 2º Fórum de Clubes Sociais e Esportivos no evento

0
55

Encontro trouxe palestras e discussões sobre o fomento ao desenvolvimento esportivo e de segurança nos clubes

O Sindi Clubes – Sindicato dos Clubes do Estado de São Paulo – participou nesta sexta-feira (05/04) da abertura do Arnold Sports Festival, o maior evento multiesportivo da América do Sul, realizando o 2º Fórum de Clubes Sociais e Esportivos, que contou com uma mesa redonda com dirigentes, diretores e consultores do Sindi Clubes e palestras sobre “Prevenção de riscos e gestão operacional” e “o que os clubes precisam saber para se adaptar a nova lei geral dos esportes”.

“Estes temas da mesa redonda têm sido cada vez mais discutidos dentro do sindicato, tanto na área esportiva como na cultural, e acredito que esta seja uma boa oportunidade para todos os que estiverem aqui presentes, levarem para seus clubes estes programas que o Sindi Clubes realiza e que realmente valem muito a pena”, declarou Paulo Movizzo, presidente do Sindi Clubes, em seu discurso de abertura.

A mesa redonda foi composta por Paulo Movizzo, Presidente do Sindi Clubes, Sérgio Nabhan, Vice-presidente do Sindi Clubes, Cláudio Lauletta, Diretor-executivo do Sindi Clubes, Renata Julianelli Arilho, Diretora de Desenvolvimento de Projetos Culturais e Sociais do Sindi Clubes, André Corsi Rodrigues, Diretor de Sustentabilidade do Sindi Clubes e Reginaldo Teixeira Rosa, Consultor de Esporte do Sindi Clubes, que expuseram sobre as principais atividades que o Sindi Clubes oferece aos clubes e que pretende ampliar para mais clubes do Estado, sendo eles de todos os portes.

A conversa centrou-se, inicialmente, enfatizando a conquista do Sindi Clubes na aprovação da Lei 17.557, que dá direito a isenção de IPTU aos clubes na cidade de São Paulo e garantiu segurança jurídica do setor. Cláudio Lauletta, diretor-executivo do Sindi Clubes, relatou sobre os anos de diálogos do Sindi Clubes com a Prefeitura e a Câmara de Vereadores, e o processo da equipe para levantar todas as informações e dados necessários para garantir a preservação dos direitos dos clubes, resultando na implementação da lei, e a busca para que todos os clubes se beneficiem da nova legislação.

Em seguida, os palestrantes destacaram o programa oferecido pelo Sindi Clubes de fomento e formação de atletas nos clubes paulistas, a Copa Sindi Clubes – Pepac (Programa Esportivo para Associados de Clubes), o maior campeonato interclubes do Brasil que acontece todos os anos, em vários clubes, com atletas competindo em diversas modalidades esportivas. O programa é, hoje, um dos principais torneios que levam o âmbito competitivo para jovens, adultos e idosos, contribuindo ativamente também na formação de futuros atletas olímpicos nos clubes. André Corsi Rodrigues, Diretor de Sustentabilidade do Sindi Clubes, ressaltou como o programa atua, não só no desenvolvimento de atletas, como também na formação de cidadãos.

Renata Julianelli Arilho, Diretora de Desenvolvimento de Projetos Culturais e Sociais do Sindi Clubes, também salientou os diversos programas culturais ofertados aos clubes como o Circuito Sindi Clubes de Corais, o Prêmio Nacional de Literatura dos Clubes, o FestClubeSP, festival de música popular brasileira, Festival Cenas Curtas de Teatro, Jornada do Vinho Sindi Clubes, dentre outros que revelam novos talentos da literatura, artes cênicas e música.

Reginaldo Teixeira Rosa, Consultor de Esporte do Sindi Clubes, enfatizou também a importância do Programa Aprendiz, um projeto exclusivo para o desenvolvimento e formação profissional de jovens para atuação em áreas clubísticas que, desde 2007, capacitou mais de 3.500 aprendizes que hoje atuam em clubes. Reginaldo ressaltou aos participantes presentes que procurassem pela implementação do programa nos locais que atuam, a fim de difundi-lo em mais clubes do Estado de São Paulo.

As palestras ficaram por conta de José Antonio Godolphim, educador e especialista em prevenção de riscos às pessoas na RL Solutions, que palestrou sobre “Prevenção de Riscos e Gestão Operacional”, explicando os pilares importantes que os clubes precisam instituir para garantir a segurança dos associados e funcionários nos âmbitos patrimoniais, de procedimentos, dentre outros. E Humberto Panzetti, Conselheiro Nacional de Esportes e especialista e consultor em Políticas Públicas nos Esportes, com o tema “O que os clubes precisam saber para se adaptar a nova lei geral dos esportes”, levando as atualizações da lei para que os clubes se adequem e assim consigam adentrar nos benefícios da legislação.

O Fórum foi encerrado com um bate-papo entre os profissionais participantes e palestrantes e acesso à feira geral.

Sobre o Sindi Clubes

Completando 35 anos de existência agora no mês de março, o Sindicato dos Clubes do Estado de São Paulo – Sindi Clubes – é o único representante oficial dos clubes esportivos, sociais, culturais e recreativos no Estado de São Paulo, com uma base de 1,4 mil clubes representados, que empregam diretamente 40 mil colaboradores e reúnem aproximadamente 2,5 milhões de associados. Fundado em 1989, tem por objetivo promover e defender os interesses dos clubes, bem como contribuir para o desenvolvimento e aprimoramento do segmento. O sindicato atua em diversas frentes, como na negociação das convenções coletivas de trabalho da categoria, na oferta de serviços de consultoria jurídica e técnica, e na realização de eventos e cursos voltados para a gestão e operação dos clubes. Além disso, o Sindi Clubes busca fomentar a integração e o intercâmbio entre os associados, visando fortalecer o setor e proporcionar experiências positivas aos frequentadores dos clubes associados.

Mais informações: https://sindiclubesp.com.br/home/

Paulo Movizzo, Presidente do Sindi Clubes

Deixar um compentário

Please enter your comment!
Please enter your name here