Apneia do sono: inimiga da memória e da produtividade

0
81

Como a apneia do sono pode estar destruindo tanto dormindo como acordado

A apneia do sono, muitas vezes associada a ronco alto e frequente, um distúrbio respiratório relativamente comum, mas que tem graves efeitos no corpo e na mente se não for tratada. Já que ela interrompe a respiração durante o sono, ela priva o cérebro de oxigênio por alguns segundos a cada episódio, que por si só pode não parecer muita coisa, porém esse processo é cumulativo e depois de um tempo de repetição, começa a trazer consequências significativas.

A apneia causa interrupções frequentes no sono, muitas vezes sem que a pessoa esteja consciente disso. Isso impede que o paciente alcance as fases de sono mais profundas e restauradoras, como o sono REM e o sono de ondas lentas. Durante essas fases do sono, o cérebro consolida a memória e realiza a manutenção e a reparação do corpo. A falta de sono de qualidade devido à apneia do sono prejudica a capacidade do cérebro de consolidar memórias e afeta o funcionamento cognitivo.

“Imagine que uma pessoa com quadro moderado de apneias possui, em média, 20 interrupções na respiração a cada hora de sono, ou seja, uma parada respiratória a cada 3 minutos. Agora multiplique esse número por 8 horas, 7 dias na semana e por aí vai. É assim que a falta de oxigenação no cérebro, provocada pelas apneias do sono, com o tempo minam as capacidades cognitivas do paciente, diminuindo a capacidade de retenção de informações, problemas de controle emocional e redução da atenção”, explica a Dra. Alessandra Kuskoski Szupka, especialista em ortodontia, ortopedia orofacial, odontologia miofuncional e pós-graduanda em odontologia do sono. “Quando não tratada, a apneia também pode afetar o corpo com problemas cardíacos, como pressão alta e arritmia, causando danos irreversíveis à saúde a longo prazo, além de aumentar consideravelmente as chances de AVC e infarto.”

“Devido aos microdespertares e à má qualidade do sono, as pessoas com apneia do sono frequentemente experimentam sonolência diurna excessiva. Isso pode resultar em dificuldades de concentração, baixa produtividade no trabalho ou nas atividades diárias, além de riscos de acidentes no trânsito e no trabalho”, comenta.
Em um mundo que exige cada vez mais da mente e da concentração, é importante reconhecer e tratar a apneia do sono para preservar a saúde, manter uma mente saudável e alcançar uma produtividade elevada.

A boa notícia é que a apneia do sono pode ser tratada. Portanto, se você ou alguém que conhece suspeita de apneia do sono, é fundamental buscar orientação especializada para um diagnóstico preciso e iniciar o tratamento, garantindo assim o bem-estar físico e mental.
Somente um sono de boa qualidade é capaz de restaurar o corpo e a mente dos desgastes sofridos durante as atividades do dia a dia, trazendo resultados significativos para o rendimento profissional, memória e aprendizado.

Serviço: Una Odontologia, Saúde & Bem-Estar
Odontologia do Sono
Dra. Alessandra Kuskoski Szupka
CRO-PR 21.270
Especialista em Ortodontia, Ortopedia Orofacial & Odontologia Miofuncional
@draalessandraks.ortho
@una.odontosaude
@odontologiadosono.curitiba
WHATSAPP: 41 99825-3199
www.odontologiadosono.com
Endereço: Av. República Argentina, 1505 | sala 1208, Curitiba/PR.

Deixar um compentário

Please enter your comment!
Please enter your name here