Cidade do interior do Paraná inova com consultório portátil e realidade virtual em tratamento odontológico

0
390

O Doutor Boca chama atenção por ser uma boca, dentes e escova ampliadas que chama atenção por onde passa.

Em Sengés, no interior do Paraná, uma mudança, está ocorrendo no campo da odontologia. Com um foco no atendimento a pacientes acamados, um consultório odontológico portátil está em funcionamento. Além disso, a cidade está adotando uma abordagem para os cuidados com as crianças, incorporando óculos de realidade virtual aos tratamentos e o Doutor Boca, que ensina como deve ser feita a escovação dos dentes. O Doutor Boca chama atenção por ser uma boca, dentes e escova ampliadas que chama atenção por onde passa.

Enquanto os profissionais da saúde bucal passam por treinamentos intensivos para operar esses novos equipamentos, o atendimento aos pacientes já acontece na cidade de Sengés. Essa iniciativa visa atender uma crescente demanda por cuidados odontológicos domiciliares, trazendo tratamento de qualidade diretamente às residências dos pacientes.

O equipamento inovador foi destaque na 75ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), e seu desenvolvimento foi possível graças ao apoio da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii).

Esse empreendimento não apenas atende às necessidades dos idosos com mobilidade reduzida, mas também beneficiando pacientes especiais, indígenas e aqueles que residem em áreas remotas.

O consultório odontológico portátil, criado com o apoio do grupo de engenharia do Instituto LacTec, é marcado por sua eficiência energética e um sistema eletrônico inteligente. Além desses benefícios, a ausência de um compressor de ar se destaca como uma característica anti-Covid, minimizando o risco de propagação do vírus.

Doutor Boca cativa crianças

De maneira cativante, os usuários interagem com os equipamentos enquanto aprendem sobre a importância dos hábitos de higiene bucal. Através de atividades interativas, como a simulação de escovar os dentes em um ambiente virtual, os pacientes são educados sobre práticas saudáveis de cuidado bucal.

Fanny Jitomirski, assessora científica da D-Express, compartilhou a visão por trás desse equipamento inovador. Ela descreve o dispositivo como “uma viagem por dentro da boca”, permitindo que pessoas de todas as idades explorem as complexidades da cavidade bucal de maneira motivadora e envolvente. “Ao combinar tecnologias de realidade aumentada e inteligência artificial, os óculos de realidade virtual transportam os pacientes para um ambiente, em que cada detalhe das estruturas bucais é visualizado com precisão em tempo real. Essa abordagem única torna o aprendizado divertido e empolgante, incentivando os pacientes a adotarem práticas de autocuidado”, ressalta.

A Prefeitura de Sengés por meio da Secretaria de Saúde realizou o primeiro atendimento odontológico.
Silas Madureira, de 58 anos, foi atendido por uma dentista que realizou os procedimentos com o consultório portátil. O paciente está acamado e não teria como ir até a Unidade Básica de Saúde para realizar o tratamento.
“Ele ficou feliz, especialmente quando contanos que era o primeiro paciente a receber o atendimento”, disse a secretária de saúde de Sengés, Jaqueline Nunes.

De acordo com a secretária, o consultório portátil atenderá pacientes de todo o município e o agendamento deve ser feito na unidade de saúde do paciente.

Deixar um compentário

Please enter your comment!
Please enter your name here